Câmara aprova ampliação da Atividade Delegada para Bombeiros

O requerimento que tornou-se um projeto do Poder Executivo foi apresentado na Câmara Municipal pelo vereador Fabrício Mazotti e aprovado por todos os vereadores  

Por: Assessoria Legislativa

A Câmara Municipal de Andradina aprovou por unanimidade na última sessão realizada na segunda feira (31) o projeto do Poder Executivo que autoriza que os Policiais Militares do Corpo de Bombeiros possam trabalhar em horário de folga com a Atividade Delegada. Este projeto teve início com o requerimento apresentado há algumas semanas pelo vereador Fabrício Mazotti (PODEMOS).

A Atividade Delegada é realizada por meio de um convênio entre a Prefeitura e o Governo do Estado de São Paulo para que agentes voluntários da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, reforcem o policiamento na cidade durante suas folgas. O foco da atuação com a aprovação deste projeto é reforçar o atendimento da população relacionada a Saúde do município, deixando sempre um Bombeiro a disposição nos atendimentos e, ainda fazendo com que possam atuar em outras áreas da saúde do municípios.

Para o presidente da Câmara Municipal de Andradina, Helton Rodrigo Prando, popularmente conhecido como Coxinha (PRTB), “este convênio é muito positivo, a população passa a ter um atendimento ainda melhor no Resgate do Corpo de Bombeiros, o profissional é mais valorizado ao conseguir melhorar seus rendimentos de forma regularizada e as viaturas passam a contar com mais profissionais capacitados disponíveis para o atendimento da população.” Disse.

A justificativa do vereador propositor do requerimento é que, foi procurado por alguns bombeiros e que solicitaram que se entendesse a Atividade Delegada aos militares do Corpo de Bombeiros. Convênio este que já existe com a Polícia Militar e que poderia ser implantada aos Bombeiros Militares também.

Mazotti ressalta a importância desse convênio, pois com a atividade delegada esses bombeiros podem estar desenvolvendo funções junto à Saúde Pública Municipal e também na área de Segurança Pública. Eles podem fazer a fiscalização de incêndios e queimadas em terrenos urbanos ou área rural, atendimento de primeiro socorros até a chegada da ambulância e entre outras atividades da Defesa Civil do município. 

“Com a aprovação deste projeto pelos vereadores, o efetivo diário do Corpo de Bombeiros vai aumentar significativamente, sabemos da nossa realidade com essa pandemia da Covid-19 e temos que colocar profissionais capacitados nas principais áreas de atendimento ao munícipe, como são nossos Bombeiros.” Citou o vereador Fabrício Mazotti.




Support